3ª MORTE POR ZIKA É CONFIRMADA POR MINISTÉRIO E AMPLIA DÚVIDAS SOBRE ALCANCE DO VÍRUS

blogqspdengue
O Ministério da Saúde confirmou a terceira morte provocada pelo zika em adultos no Brasil. A paciente, uma jovem de 20 anos do município de Serrinha, foi internada em 11 de abril no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, no Rio Grande do Norte, com queixas respiratórias. Morreu 12 dias depois.
Na época, médicos suspeitaram que a morte poderia estar relacionada à dengue grave, mas exames deram inconclusivos. Diante do aumento de casos de zika registrados no País ano passado, o Instituto Evandro Chagas decidiu fazer uma nova análise do material, encontrando, desta vez, confirmação para a infecção por zika.
O achado, considerado de extrema importância por autoridades sanitárias, foi levado à Organização Mundial da Saúde (OMS). Embora não seja o primeiro diagnóstico de morte por zika, o terceiro caso traz mostras mais robustas de que a doença pode levar a quadros mais graves do que inicialmente se imaginava. Não apenas para bebês infectados no período da gestação, mas para adultos que, até então, não apresentavam problemas graves de saúde. “Vamos percebendo um espectro mais amplo da doença, com maior gravidade”, afirmou o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch. Informações obtidas até o momento mostram que a jovem tinha saúde normal até a infecção.
As mortes registradas no Brasil são as primeiras no mundo. O primeiro paciente a ter óbito por zika era um homem do Maranhão. O resultado, divulgado em novembro, foi analisado com cuidado por causa das condições do paciente. Ele apresentava lúpus, uma doença que pode se complicar de forma expressiva quando o organismo é infectado por bactérias ou por vírus, como o zika. No segundo caso, confirmado dias depois, a paciente, também uma jovem, não tinha até a infecção problemas graves de saúde. Os primeiros sintomas apresentados foram dor de cabeça, náuseas e pontos vermelhos na pele e nas mucosas em setembro. Ela morreu no fim de outubro.
Orientação
Maierovitch avalia que o fato de a terceira paciente ter apresentado problemas respiratórios não é suficiente, por si só, para que médicos investiguem infecção por zika quando queixas semelhantes surgirem. “Mas a morte confirma a necessidade de que médicos tratem pacientes com suspeita de zika com muita atenção.”
O diretor do Ministério da Saúde afirma não haver ainda uma hipótese para explicar o fato de zika poder levar pacientes adultos – e sem histórico de doenças – à morte. “Essa é mais uma pergunta das inúmeras que ainda precisam ser respondidas sobre o zika”, completou.
Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

UPA DE JUAZEIRO RECEBE APARELHO DE RAIO-X DIGITAL

blogqsp-aparelhoraiox-upa

A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Juazeiro recebeu um novo aparelho de Raio-X, mais moderno e digital cedido pelo Governo do Estado. A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou também dois ortopedistas na unidade para atender as urgências em ortopedia de Juazeiro.

De acordo com a direção da UPA, de Janeiro deste ano até esse momento, foram realizados mais de 400 exames de raio-x na unidade. O exame também pode ser feito no Hospital Regional de Juazeiro, que de acordo com o setor de marcação da Secretaria são disponibilizadas 1.100 vagas por mês.

O novo equipamento apresenta melhor qualidade da imagem e agilidade no atendimento. A nova tecnologia ajuda na precisão do diagnóstico com a aparelhagem digital e diagnóstico mais preciso.

O secretário Dalmir Pedra tranquiliza e esclarece a população que toda demanda de ortopedia de Juazeiro será sanada, assim como a urgência está preparada para atender a todos que procurarem o serviço. “Semanalmente estamos realizando cerca de 50 cirurgias em ortopedia no hospital Traumas. Incluímos dois ortopedistas na UPA para atender toda urgência da especialidade em Juazeiro. Estamos trabalhando para fortalecer os serviços de ortopedia prestados ao usuário do município”, disse o secretário municipal.

Daniela Duarte/SESAU

GRITO DE ALERTA!!

blogqspsarah0Outro dia recebi a notícia de que uma das usuárias do Consultório na Rua, uma Profissional do Sexo, transexual, de 22 anos deu entrada no hospital, em função de inúmeras facadas desferidas em seu rosto e pescoço por um de seus clientes. Imagino que se não fosse o meu trabalho, provavelmente eu não saberia disso e dos ataques diários pelos quais passam essas mulheres, que por sua identidade de gênero, via de regra, precisam se prostituir e se submeter às mais cruéis formas de violência.

Por sorte Maria – nome fictício – irá se recuperar dos ferimentos na pele, mas certamente, se seu agressor a tivesse vitimado fatalmente, poucas pessoas experimentariam qualquer indignação decorrente disso, como agora, porque a morte de “um travesti” parece equivaler à de uma barata, que logo depois de limparmos a sujeira, não ganha um segundo a mais de nossa lembrança.

No dia da visibilidade trans, nenhum jornal noticiou o atentado a ela, mas por incrível que pareça, cheguei a respirar a aliviada… Tive medo de que a tratassem na manchete pelo nome com que foi registrada ao nascer, assim como, pelo visto, a trataram no hospital, violentando-a mais uma vez.

No fim das contas, peço desculpas pelo mau jeito com que conto essa história. Esse é apenas mais um dos gritos que tentam ser desentalados e fazer com que aquele sorriso não se desmanche sem qualquer menção a esse respeito.
Hoje quis lembrar de Maria sorridente, vaidosa e irreverente, mas não consigo parar de tentar prever qual delas será a próxima, e quem em breve reforçará a expectativa de vida de pouco mais de 30 anos das transexuais brasileiras.

Quem amanhã será esfaqueada por essa sociedade perversa, que afasta meninas tão jovens de seus entes queridos para não serem a vergonha da família? Quem amanhã o patriarcado matará?

Quem amanhã acabará com a própria vida por não suportar ser tratada como a personificação do pecado pelas igrejas? Quem amanhã cansará de lutar pela conquista do direito a redesignação sexual e se mutilará?

Quem padecerá de doenças facilmente tratáveis por não querer sair à luz do dia para desfrutar do direito à saúde? Quem as piadas diárias dos machos desejosos ainda agredirá?

*Sarah Fonseca é Psicologa e coordenadora do programa “Consultório na Rua” em Petrolina

AS UNIDADES MÓVEIS DE ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO JÁ FAZEM ATENDIMENTO A POPULAÇÃO

blogqsp-atendimento-petrolina

As unidades móveis de atendimento odontológico já estão atendendo a comunidade das 8h às 14h na zona rural e das 8h às 12h e das 14h às 18h na área urbana. O novo serviço visa expandir a cobertura de saúde bucal para as regiões que não contam com atendimento odontológico.

“Além do nosso projeto de reestruturação da Saúde Bucal, ampliação para 34 equipes e aquisição de 27 novos consultórios, contaremos com as unidades móveis que irão circular nas áreas já mapeadas, onde não há cobertura de saúde bucal, ampliando o acesso ao serviço e chegando mais perto das pessoas” pontou a secretária de Saúde de Petrolina, Lucia Giesta.

Para Cleiton Sales Ferreira, morador do Jardim Petrópolis, a iniciativa facilita o atendimento. “Esse programa é muito bom. O atendimento é rápido e a gente não precisa esperar muito pela consulta”, contou o usuário.

O atendimento das unidades móveis é agendado na unidade de saúde de referência da sua comunidade, consulte o nosso cronograma:

Zona Urbana

COMUNIDADE UNIDADES DE SAÚDE
FEV MAR
Datas Datas
Monsenhor Bernardino Não tem 10, 11, 12 9, 10, 11
Nova Petrolina Não tem 15, 16, 17 14, 15, 16
Alto do Cocá UBS Alto do Cocá 18, 19, 22 17, 18, 21
Terras do Sul AME Lia Bezerra 23, 24 22, 23, 28
Vivendas UBS Miguel de Lima Durando 25, 26 29, 30

Zona Rural Continuar lendo

SECRETÁRIA DE PETROLINA ANUNCIA DRONE E ALEVINOS COMO NOVAS FERRAMENTAS PARA COMBATER O AEDS AEGYPTI

blogqspluciagista   Foto Farnésio SilvaA secretária de Saúde, Lucia Giesta, durante entrevista ao BlogQSP, falou sobre as ações de combate Aedes aegypti no município de Petrolina. Ela informou que alguns mutirões de Combate ao Mosquito Aedes aegypti estão sendo realizados em alguns bairros da cidade aos sábados, entre eles, Bairro Dom Avelar, Terras do Sul, São Jorge e Bairro João de Deus.

 Lucia Giesta, ressaltou a importância do mutirão, uma das estratégias da gestão Julio Lossio para combater o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika. “Nosso objetivo é, principalmente, inspecionar aquelas casas que durante a semana estão fechadas, em especial, nas áreas com maior incidência do mosquito. Onde encontramos focos, o tratamento é iniciado de imediato”.

Outra novidade, segundo a secretária, é que a partir de agora as áreas com maior incidência de Aedes aegypti em Petrolina serão monitoradas por meio de drone. “Estamos engajados na luta para combater o Aedes aegypti e o drone vem para incrementar nossas ações. O equipamento vai sobrevoar as residências dos bairros com maior índice de infestação do mosquito e captará com imagens os criadouros”.

“A ação acontecerá em paralelo com os mutirões aos sábados e durante a semana. Após a identificação de criadouros, os Agentes de Combate às Endemias são acionados para iniciar de imediato o tratamento adequado. Além de mapear as residências, o drone também poderá identificar possíveis focos em imóveis abandonados e terrenos baldios”, acrescentou Giesta.

Lucia disse ainda que para registrar elogio, sugestão, denúncia ou reclamação a população pode ligar para 156 ou ir à Secretaria. “Qualquer coisa pode entrar em contato que imediatamente iremos fazer a visita juntamente com os agentes de endemias”.

Ela informou que já foram registrados em Petrolina mais de 40 casos de Zica, 50 de dengue e 16 de Chikungunya e 9 crianças com microcefalia. Sobre a síndrome de Guillain-Barré, ela disse que ainda não foi registrado nenhum caso. “Estamos atentos e trabalhando para combater também”.

Por fim, ela disse que as mulheres gestantes tem que estarem atentas aos cuidados contra o Mosquito Aedes aegypti e a que não estão também. “As mulheres que entenderem que esse momento é de muita insegurança epidemiológica as unidades de saúde estarão distribuídos anticoncepcionais para as mulheres, o momento agora é de evitar a gravidez. Qualquer suspeita estamos de prontidão para atender”, concluiu.

Da Redação/BlogQSP

ONU DEFENDE DIREITO AO ABORTO EM PAÍSES ATINGIDOS PELO ZIKA

blogqsp-barrigao

O alto-comissário de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Zeid Ra’ad Al Hussein, defendeu que países com surto do vírus Zika autorizem o direito ao aborto em casos de infecção em gestantes, uma vez que o quadro pode estar relacionado ao aumento de bebês diagnosticados com microcefalia.

Segundo Hussein, garantir os direitos humanos de mulheres nesse contexto é essencial para que a resposta à emergência em saúde pública relacionada ao Zika seja efetiva. “Isso requer que os governos garantam às mulheres, homens e adolescentes o acesso a informações e serviços de saúde reprodutiva e sexual abrangentes e de qualidade, sem discriminação”, disse, durante coletiva de imprensa em Genebra.

Ainda de acordo com o porta-voz da ONU, os serviços em questão envolvem a contracepção (incluindo a oferta de pílula do dia seguinte), a saúde materna e o aborto seguro e legal. “Claramente, conter a epidemia de Zika é um grande desafio para os governos na América Latina”, disse. “Entretanto, a orientação de alguns governos para que mulheres adiem a gravidez ignora a realidade de que muitas delas simplesmente não podem exercer controle sobre quando e em que circunstâncias ficar grávida.”

Por meio de nota, a própria ONU reforçou que, em meio à contínua propagação do vírus Zika pelo mundo, autoridades devem garantir que as respostas em saúde pública estejam em conformidade com suas obrigações no campo de direitos humanos. A entidade destacou ainda que uma relação causal entre os casos de infecção pelo vírus, a microcefalia e casos de Síndrome de Guillain-Barré ainda estão sendo investigados.

(Com informações da Agência Brasil)

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA O ‘CURSO DE ATUALIZAÇÃO NO COMBATE AO AEDES AEGYPTI’

blogqsp-Curso de Atualização no Combate ao Aedes aegypti

Os agentes de combate às endemias, agentes comunitários de saúde, militares e a população em geral de Juazeiro, podem se inscrever gratuitamente no ‘Curso de Combate Vetorial ao Aedes Aegypti’. O curso foi criado pelo Ministério da Saúde (MS), como uma das ferramentas para enfrentar o aumento do número de casos registrados das doenças dengue, chikungunya e zika.

O objetivo do curso é preparar, cada vez mais, os agentes para que eles possam desenvolver os trabalhos com maior qualidade, além de capacitá-los para o enfrentamento do mosquito durante os períodos de maior reprodução e proliferação do mesmo, assim como servir de informação para a população em modo geral.

A inscrição do curso “Atualização no Combate Vetorial ao Aedes aegypti” é feita apenas pela internet. Continuar lendo

SECRETARIA DE SAÚDE ORIENTA FUNCIONÁRIOS DA EMBRAPA SOBRE COMBATE AO AEDES AEGYPTI

blogqsp-secretária de Saúde- Lucia Giesta

Dando continuidade às ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, a equipe da Secretaria de Saúde de Petrolina esteve, nesta quinta-feira (04), na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Semiárido.  A equipe tem realizado ciclo de palestras em diversas instituições.

Durante o encontro a diretora de Vigilância em Saúde, Silvana Mudo, informou os sinais e sintomas das três doenças transmitidas pelo Aedes, a Dengue, Chikungunya e Zika, bem como sobre a microcefalia, malformação associada ao vírus zika.

“Agradeço a disponibilidade da secretária de Saúde, Lucia Giesta, e sua equipe para discutir um assunto mundial, que nos traz grande preocupação. Estamos à disposição para ajudar no que for possível”, reiterou o chefe-geral da Embrapa, Pedro Gama.

A secretária de Saúde, Lucia Giesta, frisou o compromisso em reduzir a circulação do mosquito no município. “A gestão Julio Lossio tem implantado diferentes estratégias com a finalidade de realmente reduzir os focos do Aedes, e o adoecimento de nossa população, mas é preciso que todos abracem a causa, afinal, 90% dos casos estão dentro das casas”.

Nesta sexta-feira (05) a equipe estará na sede do Corpo de Bombeiros de Petrolina para orientar sobre os cuidados contra o mosquito.

Gabriella Moura 

SECRETARIA DE SAÚDE PROMOVE CAMPANHA DE PREVENÇÃO CONTRA DST NO CARNAVAL

blogqsp.camisinha

Para que os foliões possam brincar o Carnaval com segurança, a Secretaria de Saúde de Petrolina (SMS) coloca nas ruas a sua equipe do Programa DST/AIDS e Hepatites Virais. Cerca de 100 mil preservativos masculinos serão distribuídos de 5 a 9 de fevereiro.

No período da folia, a equipe da SMS circulará nos polos da Praça 21 de Setembro, Orla, Cohab VI e Areia Branca, realizando intervenções educativas e distribuindo os preservativos. “É importante orientar a população a cuidar da saúde e a se proteger contra as doenças sexualmente transmissíveis. A nossa expectativa é que a cada dia sejam distribuídos, aproximadamente, 20 mil preservativos”, conta a secretária de Saúde, Lucia Giesta.

Além dos preservativos também serão distribuídos panfletos educativos de combate o mosquito Aedes aegypti.

Eneida Trindade

MULHERES PEDÓFILAS: ENTENDA POR QUE ELAS SÃO POUCO DENUNCIADAS

Sylvia Albuquerque, do R7

Dos cinco aos oito anos, Laurinha*, hoje com dez, assistia à babá se masturbar diariamente. A mulher esperava a patroa sair, ia para o quarto com a garota e a sentava em uma cadeira. Em seguida, se deitava na cama e obrigava a menina a permanecer ali até que chegasse ao orgasmo.

O caso só foi descoberto quando a criança contou na escola, com ar de naturalidade, o que acontecia, sem se dar conta de que era vítima. A família nunca desconfiou de nada. Como aquela mulher de confiança, que cuidava de tudo havia anos, que também era mãe, carinhosa, poderia cometer aquilo? Seria mesmo verdade ou uma invenção da menina?

Assuntos como pedofilia e abuso sexual envolvem um tabu tão grande que pouco se imagina que as mulheres sejam portadoras dessa doença e que também cometam estupros. Segundo um dado da PF (Polícia Federal), a cada dez pedófilos, um é mulher. Assim como os presídios masculinos têm alas reservadas para estupradores, chamadas “seguro”, os femininos também possuem e elas estão ocupadas.

O que acontece é que, em geral, as mulheres são denunciadas com menor frequência. Alguns motivos explicam essa subnotificação, como a ausência de penetração durante o abuso, a cultura machista que vê como algo normal as relações precoces entre meninos e mulheres mais velhas, ou o receio da família de denunciar e transformar o fato em um trauma maior que interfira na sexualidade dos garotos.

Toque, beijo, carícia e ato libidinoso envolvendo crianças são considerados crimes pela Constituição, assim o estupro, e precisam ser repassados à polícia.

O psiquiatra Danilo Baltieri, especialista em transtornos sexuais e coordenador do Ambulatório de Transtornos de Sexualidade da Faculdade de Medicina do ABC, afirma que o diagnóstico da pedofilia é difícil e o tratamento, longo. Ele esclarece, ainda, que nem todo pedófilo abusa de crianças e a maioria dos abusadores sexuais não é portadores de pedofilia.

— A pedofilia é doença: o desejo, o interesse constante por crianças durante, no mínimo, seis meses. As mulheres portadoras tendem a ser pessoas tímidas, que pouco se expõem socialmente, e, geralmente, tem alguma outra parafilia associada, como a zoofilia (sexo com animais) e exibicionismo.

Tratamento Continuar lendo

NO RITMO DO FREVO, CARNAVAL DO VOLUNTARIADO DO HDM/IMIP ALEGRA PACIENTES

blogqsp-carnaval-dhm-dommalan-petrolina

Na manhã desta sexta-feira (05), no Hospital Dom Malan/IMIP, Petrolina (PE), muita festa e alegria marcaram a comemoração do Carnaval do Voluntariado 2016. Caracterizados com apetrechos carnavalescos, o animado bloco de funcionários e voluntários percorreu os setores levando muita diversão e descontração.

A folia contou com a presença da Orquestra de Frevo – A rebarba, que tocou marchinhas de carnaval no ritmo pernambucano.

A dona de casa, Fabiana dos Santos, mãe de um paciente interno na Unidade Hospitalar, diz que essa celebração muda um pouco a rotina hospitalar. “Eu estou aqui há sete dias, os médicos descobriram que meu filho tem diabetes e hoje ele está bem melhor do que quando chegou. Vejo que ele se alegrou bastante com essa comemoração”, finalizou.

Segundo o Coordenador do Voluntariado do HDM, Rui Holanda, “a festa é um momento que trazemos alegria para os pacientes e funcionários do hospital. Eles ficam alegres com nossa animação. O nosso objetivo é levar alegria e ajudar as pessoas durante sua recuperação”, ressaltou.

Ascom

CARAVANA DA SAÚDE RECEBE AVALIAÇÃO POSITIVA DE GOVERNO E COMUNIDADE

blogqsp-caravasaúde-juazeiro

Reuniões semanais têm ocorrido após cada edição do Programa Caravana da Saúde da Prefeitura de Juazeiro. No final da manhã desta quinta-feira, 4, o prefeito Isaac Carvalho recebeu em seu gabinete o secretário de Saúde, Dalmir Pedra, e sua equipe técnica. O objetivo é corrigir problemas e verificar as possibilidades de ofertar novos serviços de saúde em cada edição do Programa.

Iniciado em 6 de janeiro, o programa já ultrapassa os dois mil atendimentos. Cinco bairros e um distrito já foram contemplados. Entre as especialidades: oftalmologia, ortopedia, clínico geral, oftalmologia, cardiologia, odontologia, ginecologia, cirurgião geral, clínico geral, exames de eletrocardiograma, coleta de exames laboratoriais e de verminoses.

Continuar lendo

EM PERNAMBUCO, HOMENS ABANDONAM MÃES DE BEBÊS COM MICROCEFALIA

  • Médicos pernambucanos dizem que homens têm mais dificuldade em aceitar microcefalia - Foto: Xando P. | Ag. A TARDE, Data: 16/12/2015

    Médicos pernambucanos dizem que homens têm mais dificuldade em aceitar microcefalia

Em Pernambuco, Estado com maior número de notificações de microcefalia, muitas mães têm sido abandonadas pelos companheiros após descobrir que o filho do casal é portador da má-formação. Médicos ouvidos pela reportagem relatam que os casos são cada vez mais frequentes e afetam principalmente jovens em relações instáveis.

Médicos que trabalham no atendimento de pacientes com microcefalia contam que os homens têm mais dificuldade do que as mães para aceitar a deficiência do filho. “Eu me surpreendi com a quantidade de mães que estão cuidando do filho sozinhas, porque o pai simplesmente resolveu largar a família”, conta uma pediatra que não quis se identificar. O rompimento também atinge relações mais duradouras.

Após dois anos de namoro e nove de casamento, a promotora de eventos Carla Silva, de 32 anos, foi abandonada pelo pai dos seus três filhos quando ainda estava internada na maternidade. O motivo, conta, era a condição da caçula, Nivea Heloise, que nasceu com menos de 28 centímetros de perímetro encefálico. “Ele me culpou por ela nascer assim. Disse que a menina era doente porque eu era uma pessoa ruim.”

O casal se conheceu após ele começar a frequentar a mesma igreja evangélica que ela, em uma periferia do Recife. Carla havia acabado de sair de um relacionamento longo e até resistiu às investidas dele por quatro meses.

Depois, começaram a namorar, se casaram e tiveram dois meninos, hoje com 3 e 5 anos. Durante a gravidez da caçula, porém, a relação já estava abalada.

Zika Continuar lendo

SERVIDORES DA SECRETARIA DE SAÚDE DE PETROLINA REALIZAM EXAMES OFTALMOLÓGICOS

blogqsp-exames oftalmológicos-petrolina

Na quarta-feira (03), a equipe da Unidade Móvel Oftalmológica atendeu os servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina. Os funcionários realizaram consultas e exames oftalmológicos gratuitamente.

Pela primeira vez, a população de Petrolina dispõe de atendimento oftalmológico itinerante. O objetivo é ampliar e facilitar o acesso ao serviço. Para a auxiliar de serviços gerais, Regiane Muniz, “a iniciativa foi muito boa. De forma rápida pude realizar meus exames”, conta.

Em média, são ofertadas 2.500 consultas por mês com o oftalmologista, sendo 720 realizadas pela Unidade Móvel. “Petrolina conta com mais esta oferta de assistência à população que necessita de atendimento com oftalmologista. Esse serviço é de excelência e, hoje, temos nossa oferta ampliada”, frisa a secretária de Saúde, Lucia Giesta.

Gabriella Moura

AUMENTOU O NÚMERO DE CASOS SUSPEITOS DE MICROCEFALIA NO SERTÃO DE PERNAMBUCO

blogqsp-Microcefalia

Em novo boletim divulgado na quarta-feira (3) em Pernambuco, o número de casos suspeitos de microcefalia no Sertão do estado aumentou de 105 para 111. Das 18 cidades monitoradas pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) cinco registraram novas suspeitas. Orocó que até então não tinha aparecido como cidade do Sertão com registro de microcefalia, apontou um caso suspeito.

Segundo o boletim do estado, Petrolina tem 11 casos suspeitos de microcefalia e um óbito de feto registrado. Porém segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a cidade tem nove casos notificados e dois fetos mortos com a malformação.

No boletim anterior divulgado pela Secretaria estadual no dia 26 de janeiro deste ano, o município de Cedro tinha apenas um caso e aumentou para dois. Salgueiro tinha sete casos de microcefalia registrados e subiu para oito. Araripina tinha 10 e foi para 11 notificações da malformação e Ouricuri que tinha registrado 19 passou para 20.

Não registraram aumento nos números de casos as cidades de: Cabrobó e Granito com um; Santa Filomena com dois; Moreilândia, Santa Cruz e Santa Maria da Boa Vista com quatro; Ipubi com cinco; Parnamirim com seis; Serrita e Bodocó com sete e Exu com 12 casos suspeitos.

Além de Petrolina, em Bodocó também houve uma morte de feto. A microcefalia é uma malformação em bebês com perímetro cefálico igual ou menor a 32 centímetros.